EJ - Escola de Aviação Civil


Notícias

Augusto Maschio, instrutor da EJ, é contratado pela LATAM. Conheça sua história.

Maschio em um de seus voos de Cessna 172


Em seus próximos voos, ao invés de voar ensinando, Augusto Miniussi Maschio, 26, de Santo André, voará aprendendo com um comandante ainda mais experiente. Em vez de voar com uma só pessoa por vez, ele voará com cerca de duzentos passageiros. Ele estará a bordo de um Airbus.

Mas o ar que a LATAM vai incentivar que Augusto respire é o mesmo que a EJ Escola de Aeronáutica incentivou que ele respirasse: segurança de voo.

A história de Maschio não é muito diferente das outras pessoas que desenvolveram paixão pela aviação. Ela começou quando ainda era criança, quando despedia-se de seu pai em embarques nas suas viagens de trabalho. “Lembro de ficar colado no vidro no terminal de passageiros em Guarulhos observando o movimento dos jatos e ficava fascinado. Só saia de lá quando minha mãe me puxava dizendo que era hora de ir”, conta, entusiasmado.

Augusto seguiu seu caminho, e logo após terminar o colegial, iniciou a Faculdade de Aviação Civil em São Paulo, e aos 18 anos, paralelamente, já buscou estar próximo dos aviões, quando arrumou emprego no Check-in da TAM Linhas Aéreas, no aeroporto de Congonhas. “Esse contato diário com a aviação comercial me dava cada vez mais vontade de seguir meu objetivo e me tornar piloto”, explica Maschio.

Em 2012 ele saiu da TAM e seguiu direto para Itápolis, sede da EJ Escola de Aeronáutica, onde começou seus cursos de pilotagem até formar-se instrutor. Em 2014 já iniciou sua carreira dando aulas, onde trabalhou por pouco mais de 3 anos na Base Jundiaí da EJ. Ele voou modelos como o Cessna 152, 172, o Embraer Tupi, o Corisco, os Seneca II e III e Baron 55, somando 1800 horas de instrução. “Na EJ fui sempre reconhecido pelo meu trabalho tendo a possibilidade de voar diversos equipamentos”, diz.

Como foi a experiência como instrutor da EJ? Augusto conta: “me permitiu acumular horas de voo, e mais que isso: a lidar com as responsabilidades sobre a segurança das operações e aprendizado do aluno. Para ensinar alguém é preciso conhecer bem o assunto, então o instrutor é sempre incentivado a estudar e manter-se atualizado”.

“Levo da EJ praticamente tudo o que aprendi de aviação e muitos amigos”, conta Augusto, enquanto prepara-se para seu primeiro voo fazendo parte da tripulação da LATAM.

A EJ deseja a Augusto uma boa sorte em seu próximo passo da carreira como aviador, e que seus voos de Airbus sejam tão bonitos quanto seus voos em nossos pequenos aviões.

Publicado em 31/10/2017


Vídeo: conheça nossos aviões,
simuladores, infraestrutura e saiba
mais sobre a nossa escola

Confira o vídeo

Homologação ANAC
Número 051

DOU 03/05/18

QUALIDADE
ISO 9001:2008

Tel.: Itápolis-SP: 55 16 3263-9160 - Jundiaí-SP 55 11 4815-1984

São Paulo-SP 55 11 3459-5233 - Campo Verde - MT 55 66-3419-1510